“Meu Celular, Meu Vício”

Tem 3 semanas que estou divulgando via redes sociais que estou coletando dados para a minha dissertação e esqueci de registrar isso nesse pequeno blog 😛

Uma imagem que deve explicar bastante coisa. Eu acho

A pesquisa é sobre dependência de smartphone, um tipo de vício comportamental que está em crescimento na população brasileira. Até o Governo está atento ao assunto, com o programa de Detox Digital Brasil, promovido pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

O foco da pesquisa são os estudantes das Instituições Públicas de Ensino Superior, nas esferas Federais, Estaduais e Municipais (sim, existe Universidade Municipal) . Um site reúne todas as informações da pesquisa. O endereço é http://mcmv.rafaelamorim.com.br

Para o desenvolvimento da pesquisa, escrevi um aplicativo para Android chamado “Meu Celular, Meu Vício” que apresenta 2 questionários na primeira vez que é aberto. Um trata de medir o perfil de dependência de smartphone e o outro é um questionário sócio econômico. Depois disso, o aplicativo coleta periodicamente algumas informações, como percentual de bateria e ciclos de carga e descarga, tempo que o aparelho é utilizado, aplicativos utilizados e ações realizadas no aparelho, como aquela conferidinha no relógio que muitas vezes a gente precisa fazer 2 vezes, por que a primeira foi tão rápida que nem deu tempo de ler a hora. Eu sou um que faço isso o tempo todo…hehehehe

De tempos em tempos, esses dados são enviados via internet para um banco de dados centralizado, sem revelar quem é o participante. O que é acessado, escrito ou lido, além das fotos e vídeos são coisas privadas do participante e assim permanecem. Eu não acesso a isso e não tenho como saber quem é a pessoa na base de dados. Uma mostra dos dados que estão na base (além da estrutura da base) pode ser acessada no endereço https://mcmv.rafaelamorim.com.br/sampledata.php

A coleta dos dados vai até meados de dezembro. Então, peço que instale o app, ou se não se enquadrar na pesquisa, divulgue a pesquisa e me ajude 🙂

Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.