Texto 2/52 – Pedalando e realizando pequenos sonhos

Confesso que passei a semana toda pensando (e tentando) escrever esse texto sem focar nas vivências desta (ou da outra) semana. Mas é dificil, quando a gente está em férias e tentando ficar o mais longe possível do computador. Assim, contarei uma pequeno sonho que alcancei nessas férias.

Pedalando até a Eólica - 3

Desde que (re)comecei a pedalar, ir a Usina Eólica pedalando foi um pequeno sonho que desejei realizar. Todo mundo fica achando que pedalar grandes distancias é coisa de maluco, mas como diz a Rita Lee no hino dos malucos “…nós, os malucos, vamos lutar, pra nesse estado continuar…”. Então como bom maluco que sou parti no fim do dia 3/01/2014 em direção a Usina. Combinei com a Cássia para ir me buscar depois 1 hora e meia de saida, pois não sabia se teria sinal de telefone para avisar quando chegasse lá e nem pernas para voltar.

 

O caminho é relativamente curto (cerca de 22km), destes 17km são em asfalto e os outros 5km em estrada de terra. A BR 293 (que liga Livramento a Quarai) não tem muito movimento, o que por um lado é uma segurança para o ciclista. Essa estrada possui looongas (mas não ingremes) subidas, e eu com uns 125 kg somados a uma bicicleta pesada (e que tem um amortecedor no quadro pra roubar um pouco da energia da pedalada) fizeram com que encarase as subidas a velocidades entre 7 e 10km/h. Nas descidas esse peso todo ajudou em algo e cheguei a 55km/h (segundo o velocimetro da bicicleta). Calcule o nível de adrenalina no sangue o_O

Pedalando até a Eólica - 1

 

Pedalando até a Eólica - 9

Quando cheguei na Usina Eólica, o centro de atendimento ao turista já estava fechado. Só havia um segurança por lá. E como estava sem água e com sede, perguntei se era possível ele abrir o portão para pegar água. Ele abriu o portão e depois de pegar água fiquei conversando com ele enquanto a Cássia não chegava pra me levar pra casa. As fotos que fiz nas paradas durante o trajeto estão neste álbum do flickr.

Agradeço publicamente a Cássia e a Malu (os amores da minha vida) pela paciência e pela assistência. Sem o apoio de vocês nunca teria começado essa maluquice 🙂

 

Algumas informações do trajeto, que foi gravado pelo app Google Minhas Trilhas:

  • Tipo de atividade: ciclismo
  • Distância total: 21,17 km (13,2 milhas)
  • Tempo total: 1:50:43
  • Tempo de deslocamento: 1:28:43
  • Velocidade média: 11,47 km/h (7,1 milhas/h)
  • Velocidade média de deslocamento: 14,31 km/h (8,9 milhas/h)
  • Velocidade máx.: 53,33 km/h (33,1 milhas/h)
  • Ritmo médio: 5:14 min/km (8:25 min/mi)
  • Ritmo médio de deslocamento: 4:12 min/km (6:45 min/mi)
  • Ritmo mais rápido: 1:08 min/km (1:49 min/mi)
  • Elevação máx.: 332 m (1089 pés)
  • Elevação mín.: 188 m (617 pés)
  • Ganho de elevação: 335 m (1100 pés)
  • Grau máx.: 14 %
  • Grau mín.: -11 %

Pedalando até a Eólica - 10

Gráfico da altimetria (gerado pelo site http://www.gpsvisualizer.com).

Pedalando até a Eólica - Altimetria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.